Arquivo da categoria: WFE #03

16.05.2009

WFE #3 | Bruno Carioca é o cara no WFE


Numa luta de tirar o fôlego, Bruno Carioca venceu a Eder Jones ontem (16) no confronto principal da terceira edição do Win Fight & Entertainment (WFE), que foi realizado no Fiesta Bahia Hotel. Com a quarta vitória na carreira, Carioca que vem se consolidando como o mais novo ídolo do Mixed Martial Arts (MMA) na Bahia, ganhou o direito de participar do Jungle Fight, em agosto, em São Paulo.
 
Além de Carioca, outro grande vencedor da noite foi Edilberto Crocotá que mostrou muita maturidade e fez questão de partir para a trocação, evitando o confronto no chão. Nas outras sete lutas da noitada, foram vencedores os lutadores Renato Velame, Thiago Siriguela, Júnior Alfa, Rafael Goiaba, Marcelo T-Rex, Márcio Velaminho e Rogério Calota.
 
Depois de três assaltos de cinco minutos no confronto principal da noite, entre Bruno Carioca e Eder Jones na vategoria 84 quilos, a luta foi definida por unanimidade pelos juízes. “Desde o começo sabia que ia ser uma luta dura, mas estava treinado. Graças a Deus e a esta torcida que me apoiou, eu consegui fazer uma boa luta”, comentou o vencedor, Bruno Carioca.
 
“Gostaria de agradecer ao Eder Jones e à equipe Minotauro, fico feliz em vencer um cara como ele. Fiz a diferença porque sou muito dedicado aos treinamentos. Qualquer um que se dedicar pode ser um vencedor. A minha vida é voltada para os treinamentos de vale tudo”, explicou a fórmula do sucesso, o vencedor.
 
Na penúltima luta da noite, o show ficou por conta de Edilberto Crocotá que conseguiu um nocaute técnico sobre Tom Baiano na categoria 77 quilos, com 3 minutos e 50 segundos do primeiro assalto. “Desculpe se não agradei a todos, mas minha mãe mandou bater nele e tive que obedecer senão apanhava em casa. Quero lutar contra os melhores e representar a Bahia em lutas nacionais e internacionais”, comentou Crocotá.
 
Na terceira super luta da noite, Renato Velame venceu na decisão dos juízes por 2 a 1, a Cleber Samurai numa luta equilibrada e cheia de alternativas, na categoria até 66 quilos.   “Sem dúvidas, Cleber está entre os melhores da Bahia. Quando fui convidado para lutar, pensei duas vezes porque sabia que era um grande desafio, mas sabia que era uma boa oportunidade para estar trabalhando por uma luta internacional”, comentou Velame.
 
Na primeira super luta da noite, na categoria até 77 quilos, após três assaltos, Thiago Siriguela venceu a Mateus Pepa na decisão dos juízes, por unanimidade. “Treinei muito e o resultado é fruto do trabalho da equipe. O adversário foi muito duro, está de parabéns e eu também que consegui vencer”, comentou Siriguela.
 
Nas lutas “qualify”, envolvendo lutadores iniciantes, também não faltou adrenalina. No primeiro confronto da noite, Rogério Calota venceu a Maicon Gladiador na categoria até 70 quilos, por decisão unânime dos juízes. “A estratégia foi levar a luta para o chão. Sabia que o forte dele era o boxe e tinha que jogar ele para baixo para vencer”, comentou Calota depois da luta.
 
No segundo combate da noite, Márcio Velaminho venceu a Valto Ciclop na categoria até 66 quilos, por 2 a 1, na decisão dos juízes. “Foi muito difícil, não esperava tanta dificuldade, mas não comi nada, tenho sangue nos olhos, fui lá e venci”, comentou Velaminho ainda em cima do octógono.
 
Na terceira luta da noite, bastaram 2 minutos e 58 segundos para Marcelo T-Rex levar Valmir Abutre para o chão e finalizar. “Foi uma luta dura, tava com o ombro machucado, machuquei no treino da segunda, mas, sou guerreiro, e venci. Jiu Jitsu é tudo para mim”, comentou T-Rex.
 
Na quarta luta do “Qualify”, outra finalização rápida. Com 1 minuto e 31 segundo, Rafael Goiaba finalizou Gustavo Riscado. “Já estava esperando este resultado. A gente treinou muito, na chuva, no sol, não tinha tempo ruim”, comentou o vencedor. Na quinta luta, Júnior Alpha venceu a Franc Kroozer por finalização, aos 3m26 do 2º round. “A luta foi difícil, mas estou com um bom preparo físico. O Franc é um lutador muito duro e aguentou muita porrada em cima do ringue. Gostei muito de lutar o MMA e acho que vou treinar mais para seguir a carreira”, prometeu Alfa que tem uma boa trajetória nas lutas de Jiu jitsu com kimono.
 
Resultado:
MMA Superlutas:
Bruno Carioca venceu a Eder Jones na decisão dos juízes, por unanimidade
Edilberto Crocota venceu a Tom Baiano por nocaute técnico, aos 3m50 do 1º round
Renato Velame venceu a Cleber Samurai na decisão dos juízes, por 2 a 1
Thiago Siriguela venceu a Mateus Pepa na decisão dos juízes, por unanimidade
 
MMA Qualifying:
Júnior Alpha venceu a Franc Kroozer por finalização, aos 3m26 do 2º round
Rafael Goiaba venceu a Gustavo Riscado por finalização, aos 1m31 do 1º round
Marcelo T-Rex venceu a Valmir Abutre por finalização, aos 2m58 do 1º round
Márcio Velaminho venceu a Valto Ciqlop na decisão dos juízes, por 2 a 1
Rogério Calota venceu a Maicon Gladiador na decisão dos juízes, por unanimidade

Deixe um comentário

Arquivado em WFE #03